quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Amor de Adolescente



Ele vai e volta.

Sem explicar o porquê.

Quando vêm é uma delícia.

Quando vai, pergunto por quê?

E ele não responde.

E só consigo ver

Quando já grita lá do horizonte.

Quando já não mais posso escutar

Sentir

Ver

Enfim...

Quando já escapou, de dentro de mim.

Ketleyn do Prado

Poesia publicada no livro:
Literatura Começa Assim
lançado em 2006 pela
Escola Municipal Francisco de Mattos Ligiéro.
.
.

4 comentários:

Ketleyn disse...

hieuheuiheiuh'
minha poesia aew heim! Em breve a Bethy vai postar mais!
bjus galera e espero que gostem okay!

Filipe disse...

bem legal seu texto!!!

muito bom !!!

Lara disse...

eeu gostei Ketleeeeyn :)
posta mais ai Beth !]
beiijo

samuel disse...

eu gosto de poema ainda mais sendo escrito por uma amiga minha
vlw galara !!!