terça-feira, 9 de setembro de 2008

Dialética - Victor Amado




Ah!Loucura...

que bate em minha porta

que ri e me tortura...


Ah! Tristeza...

não tire de mim

a sanidade e a clareza...


Ah!Solidão...

já que está aqui

tome conta do meu coração...


Victor Amado "VAOCoR" de Oliveira Costa Rezende...

2 comentários:

ilka disse...

Ah, Vitor, muito belo o seu poema! Também, hehe, tem a quem puxar, né? Um dia bem feliz pra voce!

marrathyma disse...

lindo de mais!
o poema e vc!
não qr dizer a imagem mais sim o interior
bjkas